Dr Eduardo Nassar recomenda ler:

One-stop clínica para avaliação do risco de trissomia do cromossomo 21 em 11-14 semanas: um estudo prospectivo de 15 030 gestações.

 

Para avaliar o desempenho de uma clínica de one-stop para a avaliação de risco (OSCAR) para trissomia 21 por uma combinação de idade materna, translucência nucal (TN) e soro materno livre beta-gonadotrofina coriônica humana (hCG) e da gravidez associada plasma proteína-A (PAPP-A) com 11-14 semanas de gestação.
A triagem para trissomia 21 foi realizado por Oscar em 15 030 gestações únicas com fetos vivos em 11-14 semanas. O risco estimado para trissomia do cromossomo 21 foi calculado, e as mulheres foram aconselhadas sobre o risco ea opção de testes invasivos ou conduta expectante. Acompanhamento dos resultados de todas as gestações foi realizada. As taxas de detecção e falso-positivos para o risco de diferentes pontos de corte foram calculados.
NT materna e fetal livre de soro beta-hCG e PAPP-A foram medidos com sucesso em todos os casos. Resultado da gravidez, incluindo os resultados do cariótipo ou o nascimento de um bebê fenotipicamente normal, foi obtida a partir de 14 383 casos. A idade média materna desses casos foi 34 (faixa 15-49) anos e em 6768 (47,1%), a idade era 35 anos ou mais. A gestação mediana na seleção foi de 12 (faixa 11-14) semanas ea mediana comprimento cabeça-nádega fetal foi de 64 mm (variação 45-84). O risco estimado de trissomia 21 com base na idade materna, TN e soro materno livre beta-hCG e PAPP-A era de 1 em 300 ou superior em 6,8% (967, de 14 240) gestações normais, em 91,5% (75 de 82) daqueles com trissomia do cromossomo 21 e em 88,5% (54 de 61) daqueles com outros defeitos cromossômicos. Para uma taxa de falso-positivo fixa de 5% das respectivas taxas de detecção do rastreio de trissomia 21 por idade materna sozinho, idade materna e sem soro beta-hCG e PAPP-A, NT idade fetal e materna, e pela idade materna, TN e bioquímica do soro materno foram de 30,5%, 59,8%, 79,3% e 90,2%, respectivamente.
Rastreio de trissomia 21 por uma combinação de idade materna, TN e bioquímica soro materno de 11-14 semanas pode ser fornecido em uma configuração OSCAR e está associada com uma taxa de detecção de cerca de 90% para uma taxa de falsos positivos de 5%.

Referencias

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12230441

 

Fale Conosco

Para entrar com contato conosco acesse a home oficial clicando aqui ou lique para nossa central de atendimento no telefone
+55 (91) 4008-8500

Dr Eduardo Nassar

Dr Eduardo Nassarr é Diretor da CSD - Clinicas Som Diagnósticos. Clínica especializada em diagnósticos por imagem, localizada em Belém do Pará. A CSD Clínica Som Diagnósticos conta, entre outras coisas, com exames de MAPA, Router, Ultrassonografia 4d (3d em tempo real), exame de translucência Nucal, realização do OSCAR, densitometria óssea e muitos outros.

Sites Parceiros